Tóquio-2020-scaled_edited.jpg
logo-k+.png

EDIÇÃO
2021
/02

- Esportes -

Foto: Kazuhiro Nogi/AFP

ARREMESSO DE PESO

Por Pedro Galhart
Atualizado em 10 de novembro de 2021

Entre a descontração dos memes e as reverências por uma jornada heróica e cheia de percalços no caminho até as olimpíadas de Tokyo, Darlan Romani, atleta do arremesso de peso, foi uma das grandes personalidades que ganharam apreço e admiração do povo brasileiro. 

Com suas palavras gentis e amorosas direcionadas a sua família, e em especial a sua esposa Sara Romani, Darlan ganhou nas redes sociais a fama de um homem romântico e cuidadoso.

Na foto: o DJ Bernax
Darlan.png
 
 
CANOAGEM

Por Carlos Ludwig
Atualizado em 18 de novembro de 2021

No esporte, os ídolos são os grandes responsáveis por angariar o interesse do público brasileiro para suas modalidades. Ayrton Senna, Guga, Popó, entre tantos outros atletas, com seus resultados de destaque internacional foram grandes responsáveis por fazer o Brasil se juntar para torcer e se orgulhar por seus atletas em modalidades as quais não são práticas culturais em nosso país. Nas últimas edições dos jogos olímpicos novos ídolos surgiram. 

Na foto: o DJ Bernax
isaquias.png
SURFE

Por Gustavo Henrid
Atualizado em 02 de dezembro de 2021

Em um período onde o digital ganha cada vez mais espaço, a nova geração de jovens dribla a internet e conquista cada vez mais medalhas em competições esportivas, a exemplo disso as olimpíadas de 2020, que ocorreram neste ano (2021) em função da pandemia da covid-19. Outro marco importante nesta última edição, foi a inclusão de novos esportes, como: surfe, skate, karatê, escalada esportiva e beisebol, esportes que por sua maioria são praticados por essa geração.

Na foto: o DJ Bernax
foto 3 credito fabiano passos.jpeg
 
SKATE

Por Gustavo Henrid
Atualizado em 10 de dezembro de 2021

Sofia Godoy, de 12 anos, anda de skate há 2 anos. Ela começou a praticar o esporte na cidade de Sapiranga por curiosidade e, desde então, não largou mais.  Ao ser questionada sobre a diversidade no skate fala que sempre via os meninos praticando o esporte, mas que era menos comum ver meninas. Isso mudou. "No passado víamos os meninos dominando no skate e hoje eu vejo as meninas dominando, meninas de 9 anos arrasando muito. A Rayssa Leal mostrou pra gente que é possível, temos que correr atrás que vai dar certo".

foto 4 credito _issopogui.png